Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governador inaugura novo sistema de monitoramento dos sistemas de água e esgoto da Corsan

Publicação:

Inauguração do CCO Corporativo da Corsan
Inauguração do CCO Corporativo da Corsan

Em vez de esperar pela ligação de clientes alertando a ocorrência de problemas, a Corsan inaugurou, nesta sexta-feira (22/11), um sistema capaz de identificar falhas e até evitar danos. Localizado em Porto Alegre, o Centro de Controle Operacional Corporativo (CCO Corporativo) conta com infraestrutura e tecnologia capazes de monitorar e gerenciar, 24 horas por dia e em tempo real, o sistema de abastecimento de água e de esgotamento sanitário da companhia.

O resultado é maior eficiência nos serviços operacionais a partir de decisões rápidas, o que gera melhoria na qualidade dos serviços prestados à população, além de economia de recursos humanos, pois as equipes serão melhor distribuídas, e financeiros, já que aumentará a capacidade de evitar danos à rede e desperdícios. A Corsan vai investir R$ 37,6 milhões em todo o projeto, que se estenderá até o fim da atual gestão estadual, em 2022.

“Trata-se de investimento em tecnologia que, além de melhorar e agilizar o atendimento à população, vai otimizar o uso dos recursos naturais, com menos desperdício de água, um dos nossos maiores bens, e melhorar o tratamento da água que volta para o meio ambiente, que também faz parte do respeito e da preservação da vida, da saúde humana. Ganhos que impactam no futuro do RS, por isso, é um dia de celebração”, afirmou o governador Eduardo Leite durante a inauguração do CCO Corporativo.

Nesse sentido, o secretário Artur Lemos lembrou que o atual governo uniu as áreas de Infraestrutura e Meio Ambiente (da qual é titular) e colocou sob seu guarda-chuva a Corsan: “Cuidar da água é cuidar do desenvolvimento e vice-versa”, afirmou Lemos.

O projeto prevê, no total, 32 CCOs locais, que fazem regionalmente a automação do sistema e enviam dados ao Corporativo, sendo que 11 já foram instalados e, destes, seis já foram inaugurados. O restante será instalado nos próximos três anos.

Os CCOs monitoram as captações de água, controlam as elevatórias de água bruta e tratada, as estações de tratamento de água e esgotos, gerenciam a reserva, a pressão e a vazão das redes de distribuição, identificando eventuais ligações clandestinas, além de permitir a integração com outros sistemas de gestão.

Ao final do projeto, serão mais de 60 municípios atendidos pela Corsan por meio de telemetria (medição e comunicação de informações remotamente) e automação e integrados ao CCO Corporativo. Conforme o presidente da companhia, Roberto Barbuti, aproximadamente 70% dos clientes serão atendidos pelo sistema.

“A inauguração de hoje é emblemática para o queremos trazer para a realidade da Corsan. É um passo importante em direção ao que temos buscado para a companhia e seus clientes: mais eficiência por meio de tecnologia e inovação, tanto no atendimento quanto na punição”, afirmou Barbuti, se referindo, também, à capacidade que o sistema terá de identificar ligações clandestinas. 

Texto: Vanessa Kannenberg

Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Edição: Patrícia Specht/Secom

Atendimento Online
CORSAN