Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Companhia realiza prestação de contas anual na Agergs

Publicação:

Companhia realiza prestação de contas anual na Agergs
Companhia realiza prestação de contas anual na Agergs

As ações e os investimentos realizados pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) no ano de 2018 foram apresentados pelo diretor-presidente da empresa, Jorge Melo, nesta quinta-feira (2). A prestação de contas aconteceu no XII Encontro de Gestão Associada do Saneamento, promovido pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) – instituição responsável por regular os serviços prestados pela Corsan em 283 municípios gaúchos. O evento ocorreu na Sala de Sessões Romildo Bolzan, na sede de agência, em Porto Alegre.

O diretor-presidente da Corsan iniciou sua fala destacando que, há 54 anos, a Companhia vem transformando as políticas de saneamento do Estado em mais saúde e qualidade de vida para a população do Estado. Ao citar dados estruturais da estatal, informou que a Corsan chega a 317 dos 497 municípios do Rio Grande do Sul, nos quais atende 2,9 milhões de economias e 6 milhões de pessoas (o equivalente a dois terços da população gaúcha), tendo seu trabalho aprovado por 80% dos clientes.

Na área de abastecimento, Melo salientou que a meta é a manutenção da água universalizada e segura, preservando o nível de atendimento em 100%. O dirigente relatou ações como a presença ativa da Companhia nos comitês de bacia hidrográfica, uso de softwares de processamento de informações hidrogeológicas, equipamentos de perfilagem ótica para gestão de poços, sistema de cadastro técnico georreferenciado de redes e ramais, regularização de ligações clandestinas em áreas de ocupação, programa de gestão de perdas de água na distribuição, centros de controle operacional (com 41 sistemas mais o sistema corporativo) e plano de segurança da água (com controle de qualidade da captação à distribuição). Conforme o presidente, o volume total disponibilizado pela Corsan foi de 544 milhões de m³ em 2018.

Da mesma forma, o gestor apresentou as várias iniciativas da empresa em relação ao esgotamento sanitário. Explicou que, com o objetivo de atingir a universalização do serviço, a Companhia trabalha em três modalidades: esgoto misto, com um projeto piloto em Osório, em fase de implantação; fossas sépticas, por meio de limpeza sob demanda (já regulamentada e em implantação no interior gaúcho) e limpeza programada (após projeto piloto no Litoral, está em fase de regulamentação pela Agergs); e separador absoluto, com obras de infraestrutura em todas as regiões do Estado, oferta de mais 23 mil ligações em 2018 e uma Parceria Público Privada (PPP) para universalizar a coleta e o tratamento na Região Metropolitana em 11 anos.

Além disso, Melo afirmou que a cobrança pela disponibilidade do sistema de esgoto, que atua como incentivo à ligação, já é realidade em 22 municípios. Frisou ainda que está em desenvolvimento o Projeto Ressol, um estudo sobre a oferta de serviços, infraestruturas e instalações operacionais de manejo, tratamento e destino final de resíduos sólidos domésticos e de resíduos originários da varrição e limpeza de logradouros e vias públicas.

O presidente abordou também os dados financeiros da empresa. “Em 2018, a Corsan lucrou R$ 292 milhões e investiu R$ 364 milhões. Isso demonstra que a Companhia tem saúde financeira para operar e investir”, disse. Entre os principais avanços da gestão, Melo citou o apoio regionalizado aos municípios quanto ao Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), a gestão integrada dos compromissos assumidos nos contratos de programa e PMSBs (por meio do sistema Sisplan), a interface unificada com os entes reguladores e a implantação da gestão de custos com base no custo referência (com o sistema Sisgec). Por fim, o dirigente apresentou os indicadores operacionais e de contratos de programa referentes ao ano passado.

Ainda durante o Encontro, o diretor-geral da Agergs, Odair Gonçalves, fez uma explanação sobre as ações regulatórias da agência no saneamento. Ao final, os representantes das entidades participantes responderam perguntas do público. O evento foi coordenado pelo Conselheiro-Presidente da Agergs, Isidoro Zorzi. Estiveram presentes os conselheiros da agência, o secretário Estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, o diretor de Operações da Corsan, Eduardo Carvalho, o Promotor de Justiça Daniel Martini e autoridades municipais.

Atendimento Online
CORSAN